O que é contrato digital e como ele funciona?

A tecnologia vem se tornando uma grande aliada na hora de reduzir a burocracia e otimizar o tempo em diversas questões do dia a dia. Ela permite agilizar o pagamento de contas bancárias, melhorar o atendimento ao cliente e facilitar a comunicação. Na LAR Imóveis não é diferente! Por isso, lançamos o contrato digital.

Essa modalidade já é muito famosa em outros países e tem ganhado força no Brasil. No entanto, ainda é comum ter dúvidas sobre essa possibilidade para a locação. Então, nada melhor que entender todas as características, não é mesmo?

Veja tudo sobre o recurso, saiba como ele funciona e entenda de que forma o contrato digital pode ajudar. Confira!

O que é o contrato digital?

O contrato eletrônico é uma forma de substituir a assinatura tradicional pela eletrônica. Simples assim! Agora, quando você alugar um imóvel, em vez de reunir toda a papelada, rubricar os documentos, reconhecer firma e enviar para a imobiliária, tudo pode ser resolvido de forma digital.

Com a assinatura eletrônica de contrato, tudo acontece por meio de uma plataforma ágil e segura e que evita, ainda, burocracias posteriores no processo de locação do imóvel. Para garantir a segurança, a finalização ocorre por meio de senhas e validações geradas individualmente para cada cliente.

Cada assinatura possui um certificado digital, que é o responsável por comprovar que determinada chave (ou senha) pertence a você. Além disso, existe uma Autoridade Certificadora que atesta que o signatário é realmente o destinatário do arquivo. Assim, quando for assinar digitalmente seu contrato, será gerada uma senha para você.

Para que a assinatura de contrato seja válida, a Autoridade Certificadora garante a identidade do signatário. Essas autoridades são verificadas pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação, dando credibilidade ao processo.

Quais são as vantagens de optar pelo contrato digital?

O principal motivo para recorrer ao contrato eletrônico é que ele traz inovação para um procedimento tradicionalmente complexo. Com o apoio da tecnologia, todas as partes de um contrato imobiliário são favorecidas. Como resultado, é possível obter máxima satisfação, sem comprometer os bons resultados esperados.

Confira outras vantagens!

Agilidade

Com o uso dessa ferramenta, todo o processo é mais dinâmico, já que não envolve a necessidade de cartórios e autenticações. É possível enviar e assinar rapidamente as informações. Então, há uma redução no tempo e na burocracia.

Sabe aquela ideia de ter que imprimir, rubricar, enviar, autenticar e esperar? Isso é substituído por uma assinatura de contrato bem eficiente. O que demorava dias é resolvido em minutos, sem nenhuma dificuldade.

Redução de custos

Imprimir uma quantidade enorme de papeis e fazer a autenticação envolve custos. Como resultado, as transações imobiliárias de locação ficavam caras. Com a versão digital, não existe nenhum custo extra de impressão de documentos, bem como de autenticação.

Tudo acontece em uma plataforma segura e não demanda mais que alguns cliques ou toques. Com menos processos e menos custos, a etapa se torna especialmente interessante.

Maior segurança

Com o contrato eletrônico, todas as informações são resguardadas por um processo de criptografia. Ou seja, você navegará em um ambiente seguro, com tecnologia capaz de evitar que terceiros consigam ter acesso a seus dados.

Além disso, a assinatura digital é feita por meio de sistemas totalmente seguros, que usam chaves codificadoras. Por meio de “evidências” (como o tempo e o endereço de IP), há a garantia de idoneidade de quem se compromete com o documento.

Mas, é claro, ainda é fundamental que tudo seja feito por uma imobiliária de confiança. Isso assegura o sucesso da transação e aumenta a eficiência.

Processos mais dinâmicos

A velocidade e o ganho de tempo são atrativos incríveis. O contrato digital é uma forma rápida e simples de dinamizar os processos, afinal, tudo é feito pela internet, no horário que for conveniente. Inclusive, é algo que não exige a presença física dos interessados. Desse modo, é possível obter dinamismo e ainda mais praticidade!

Confiabilidade total

Apesar de utilizar a tecnologia de um jeito novo, o contrato eletrônico não deve em nada no quesito segurança. Trata-se de uma opção totalmente confiável e que garante que as duas partes estejam comprometidas com seus deveres.

Primeiramente, isso é viável graças aos recursos de assinatura eletrônica e ao reconhecimento jurídico da ferramenta. Além disso, a confiabilidade é obtida porque uma imobiliária de confiança conduz o processo. Desse jeito, é possível conquistar ótimos resultados.

Como é o passo a passo da assinatura?

Agora que você já conhece os benefícios, é essencial entender como é o passo a passo da etapa. Ao identificar as fases, é mais fácil se preparar e utilizar as ferramentas do jeito certo. Na sequência, veja quais pontos merecem atenção!

Elaboração do contrato

Tudo parte da imobiliária. A empresa é responsável por analisar a documentação do cliente e fazer sua aprovação. Então, ela monta o documento com informações como: as partes, preço de aluguel e condições específicas.

Envio para os interessados

Assim que o contrato é elaborado, ele é adicionado a uma plataforma imobiliária segura. O documento, então, é enviado para o locador e para o locatário. Cada um recebe uma senha de visualização, o que garante a proteção de dados.

Assinatura das partes

No e-mail recebido, cada pessoa terá as instruções necessárias sobre como e onde incluir a assinatura eletrônica de contrato. As informações, então, são adicionadas nos locais específicos.

Finalização da etapa

Assim que o contrato eletrônico é assinado, a imobiliária recebe um alerta. Com as informações coletadas, tudo é formalizado e o acordo passa a valer. Sem dificuldades, sem tempo perdido ou burocracia.

Esse contrato é válido perante a lei?

Uma dúvida que muitas pessoas possuem é se o contrato eletrônico é permitido por lei. No Brasil, existe a Medida Provisória 2.200-2 do Código Civil Brasileiro. Ela regulamenta o uso da versão eletrônica para transações imobiliárias. Também há várias resoluções do Comitê Gestor do ICP e Instruções Normativas do ITI (Instituto Nacional de Tecnologia da Informação).

Outro ponto importante é que todas as chaves públicas usadas nos processos de assinaturas digitais são regularizadas pelo ICP-Brasil. Esse é um órgão público que dá respaldo às etapas e garante idoneidade, autenticidade e confiabilidade dos dados.

Como você pode notar, o contrato digital é uma forma totalmente moderna e segura para agilizar diversas transações imobiliárias. Todos os trâmites são feitos pela internet, reduzindo os seus custos e otimizando os processos.

Gostou de saber mais sobre esse recurso? Leia o nosso post sobre o seguro aluguel e descubra quando investir nessa modalidade!

Lar Imóveis

Há 40 anos no mercado, a LAR Imóveis oferece soluções inovadoras de compra, venda e locação de imóveis, focando sempre no melhor atendimento ao cliente e em um relacionamento de credibilidade e confiança mútua.

LEIA TAMBÉM